A Luta na Educação para a construção da Autonomia c/ Eduardo Antônio Bonzatto no CCS às 19h

2019 completam 110 anos da morte do educador anarquista Francisco Ferrer y Guardia, uma das grandes figuras da educação anarquista e pedagogia libertária. Por isso, a Biblioteca Terra Livre, realizará uma série de atividades ao longo do ano, lembrando de sua história, luta e, principalmente, o sonho de um mundo livre de hierarquias, exploração e opressão da classe trabalhadora e de toda a humanidade.

Para este primeiro encontro, chamamos o professor Eduardo Antônio Bonzatto, onde pretende refletir sobre diversas questões da sociedade brasileira atual, tendo como ponto de partida a educação. Para tanto, irá discutir as dificuldades de ser educador nos tempos atuais, mas também apontar a alegria que sentimos quando percebemos o aumento de nossa realidade, isto é, de nossa força interna e capacidade para agir. Já a tristeza, seria o que sentimos ao perceber a diminuição de nossa realidade, de nossa capacidade para agir, o aumento de nossa impotência e perda da autonomia. Bonzatto acredita que a solução da educação passa necessariamente pelos papéis desempenhados por professores e estudantes que não devem ser hierárquicos, sob nenhuma hipótese, principalmente aquela que ainda defende a necessidade do conteúdo, já que sua mediação é a própria hierarquia. Para a escola cumprir seu papel no tempo histórico atual precisa produzir transformação social, criar uma nova sociedade pautada pelos princípios: respeito, solidariedade, cooperação, singularidade.

E para lembrar das influências da pedagogia racionalista de Ferrer, leia o texto “Guerra Civil Espanhola e as Crianças” de Bonzatto.

Local: CCS-SP. Rua General Jardim, 253, sala22.

Quando: 23/01/2019

Horário: 19h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *