Tag Archives: Francisco Ferrer y Guardia

A Luta na Educação para a construção da Autonomia c/ Eduardo Antônio Bonzatto no CCS às 19h

2019 completam 110 anos da morte do educador anarquista Francisco Ferrer y Guardia, uma das grandes figuras da educação anarquista e pedagogia libertária. Por isso, a Biblioteca Terra Livre, realizará uma série de atividades ao longo do ano, lembrando de sua história, luta e, principalmente, o sonho de um mundo livre de hierarquias, exploração e opressão da classe trabalhadora e de toda a humanidade.

Para este primeiro encontro, chamamos o professor Eduardo Antônio Bonzatto, onde pretende refletir sobre diversas questões da sociedade brasileira atual, tendo como ponto de partida a educação. Para tanto, irá discutir as dificuldades de ser educador nos tempos atuais, mas também apontar a alegria que sentimos quando percebemos o aumento de nossa realidade, isto é, de nossa força interna e capacidade para agir. Já a tristeza, seria o que sentimos ao perceber a diminuição de nossa realidade, de nossa capacidade para agir, o aumento de nossa impotência e perda da autonomia. Bonzatto acredita que a solução da educação passa necessariamente pelos papéis desempenhados por professores e estudantes que não devem ser hierárquicos, sob nenhuma hipótese, principalmente aquela que ainda defende a necessidade do conteúdo, já que sua mediação é a própria hierarquia. Para a escola cumprir seu papel no tempo histórico atual precisa produzir transformação social, criar uma nova sociedade pautada pelos princípios: respeito, solidariedade, cooperação, singularidade.

E para lembrar das influências da pedagogia racionalista de Ferrer, leia o texto “Guerra Civil Espanhola e as Crianças” de Bonzatto.

Local: CCS-SP. Rua General Jardim, 253, sala22.

Quando: 23/01/2019

Horário: 19h

Palestra/debate Educação, Ciência e Anarquismo

Na próxima segunda feira, dia 7 de abril o companheiro Rodrigo Rosa, membro da Biblioteca Terra Livre e do Grupo de Pesquisa Poder Político, Educação, Lutas Sociais (GPEL/USP), participará da Palestra/debate Educação, Ciência e Anarquismo na UNEB.

A palestra terá como tema a apresentação da tese de doutorado intitulada “Anarquismo, ciência e educação: Francisco Ferrer y Guardia e a rede de militantes e cientistas em torno do ensino racionalista (1890-1920)” (disponível para download em nossa página de teses) que tratou da relação entre anarquismo, ciência e educação através do estudo da rede de militantes e cientistas anarquistas em torno da Escola Moderna de Barcelona fundada por Francisco Ferrer y Guardia.

Haverá livros anarquistas e sobre educação libertária a venda no local.

Dia 07/04Segunda-feira – as 20h
Campus 1 da UNEB, Rua Silveira Martins, Cabula Salvador
Departamento de Educação – DEDC
Auditório Jurandy Oliveira

Organização: PPGEDUC / TSPPP / UNEB / Biblioteca Terra Livre

Apoio: CACIS

Promoção no aniversário de Adelino de Pinho

Era um português do Norte, atarracado e explosivo, que em moço tinha sido motorneiro e se instruirá por conta própria, chegando a publicar diversos opúsculos e a colaborar com abundância nos jornais libertários”.

Essa foi uma das descrições que o sociólogo, ensaísta e crítico literário Antônio Candido fez à figura de Adelino Tavares de Pinho em seu livro “Teresina etc.”. O livro conta a história da imigrante italiana Teresina, assim como a história do pensamento de esquerda no Brasil. E um dos episódios dessa história ganha destaque os militantes anarquistas e dentre eles, Adelino. Antônio Candido, em outro texto, diz que teve muito contato com o “áspero” Adelino de Pinho. Segundo Candido, “escrevendo e falando, era violento, intransigente e apaixonado. Considerava o marxismo uma palha totalitária e admirava, sobretudo, os racionalistas e evolucionistas do século XIX. (…) Através dele pude sentir a extraordinária fidelidade dos anarquistas daquele tempo às suas convicções; a tenacidade com que as defendiam pela vida afora, mantendo elevada a temperatura da paixão libertária. E também a retidão com que viviam – honestíssimos, puritanos, achando que os valores morais eram requisito da revolução social e abominando o maquiavelismo da vida política”.

Nas palavras de Antônio Candido, percebemos como que os antigos militantes anarquistas buscavam a coerência entre os seus discursos e suas ações, enfrentando todas as contradições de se viver sob o regime estatal-capitalista-religioso.

Passados 129 anos do nascimento de Adelino, a Biblioteca Terra Livre, no esforço de difundir os ensinamentos de Pinho, realiza a promoção do livro “Pela Educação e Pelo Trabalho e outros escritos”. Na compra deste, o leitor receberá em sua casa, além do livro, uma cópia do documentário “Francisco Ferrer y Guardia, uma vida para a liberdade“, que relata a vida e obra do pedagogo racionalista catalão, que muito inspirou Adelino.

O pacote: LIVRO + FILME + frete (para qualquer lugar do Brasil) sai por R$30 (trinta reais).  A promoção vale até 31 de janeiro de 2014. Para adquirir seu livro entre em contato através do email livrariaterralivre(a)gmail.com

Para saber mais informações sobre o livro acesse: http://bibliotecaterralivre.noblogs.org/editora/pela-educacao-e-pelo-trabalho/

E para ter acesso aos textos de Antônio Candido sobre Adelino acesse aqui: “Teresina etc.” e “Sobre a Retidão“.

Mês Ferrer y Guardia III – A Educação Anarquista Ontem e Hoje

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo último domingo, dia 20/10, a Biblioteca Terra Livre teve a oportunidade de participar do Laboratório de Estudos de Educação Popular organizado pelo Coletivo Katu no espaço cultural Sacolão das Arte. Na conversa contamos um pouco da história da Biblioteca, quais são nossas atividades, nossa experiência em pedagogia libertária nos grupos de estudos, tanto na forma como nos organizamos como nos conteúdos que estudamos. Discutimos também a pedagogia racionalista de Francisco Ferrer y Guardia e da atualidade de sua proposta educativa. Após essa rodada, o debate se abriu e todos/as puderam participar, compartilhar e socializar suas experiências OLYMPUS DIGITAL CAMERAsejam elas sendo como educadores/as ou como educandos/as, dentro de sala de aula ou conversando com as pessoas nos espaços públicos.

A conversa foi muito boa para nós e esperamos continuar trabalhando com o Coletivo Katu e outros coletivos na construção de uma educação que seja realmente autônomo e emancipadora!

E para o dia 02/11 teremos mais uma atividade em homenagem à Francisco Ferrer y Guardia. Dessa vez faremos a atividade junto aos companheiros/as da Organização Anarquista Terra e Liberdade. A atividade contará com o documentário “Francisco Ferrer i Guardia. Uma vida para a Liberdade”, após a exibição abriremos para o debate e discutiremos um pouco sobre Anarquismo e Educação. A atividade acontecerá na Avenida Francisco Bicalho nº49, no Rio de Janeiro às 19h30, estão todos/as convidados/as!!!

https://calendario.sarava.org/sites/calendario/files/cartaz_ferrer.jpg

Mês Ferrer y Guardia II – A Educação Anarquista Ontem e Hoje

Continuando nossas atividades sobre Educação Anarquista Ontem e Hoje em diálogo com as lições e ensinamentos que Francisco Ferrer nos deixou, a Biblioteca Terra Livre buscou realizar mais algumas atividades, agora ao lado de alguns/as companheiros/as.

cartaz I Encontro Anarquista de Ribeirão PretoÀ convite dos/as organizadores/as do I Encontro Anarquista de Ribeirão Preto, no dia 12/10, a Biblioteca Terra Livre teve a oportunidade de conversar um pouco sobre a educação e a autoformação em seus grupos de estudos, assim como discutir também a importância de Francisco Ferrer y Guardia não somente enquanto um militante importante para a memória do movimento anarquista, mas também para nos fazer refletir sobre como a pedagogia racionalista pode ser realizada hoje.

O Encontro em Ribeirão Preto foi bastante importante. Muitas pessoas compareceram e puderam prestigiar desde materiais anarquistas como livros, fanzines e filmes até palestras sobre a história do anarquismo  em Ribeirão Preto, a construção de espaços autônomos e muito mais. Os/As organizadores/as estão de parabéns e esperamos poder participar do encontro no próximo ano!

1385784_1410317295864311_1833896976_n 1385173_1410317029197671_854016126_n

A próxima atividade da Biblioteca Terra Livre sobre Educação Anarquista Ontem e Hoje será feita em parceria com o Coletivo Katu no Laboratório de Estudos de Educação Popular no Sacolão das Arte. A ideia do laboratório é refletir a educação, as ferramentas pedagógicas e a política desde uma perspectiva anarquista. A atividade acontecerá no próximo domingo, dia 20/10, às 10h00 na Av. Cândido José Xavier, 577, Parque Sto Antônio. Estão todos/as convidados/as!!!

https://katu.milharal.org/files/2013/10/CARTAZ-Educadores.jpg