Mostras anteriores

Películas Negras: a produção cinematográfica anarquista” (2011)
Cartaz da mostra

A mostra ocorreu durante o primeiro semestre de 2011 e resgatou filmes feitos por anarquistas de acordo com os ideais libertários em diferentes lugares e momentos históricos. Foram exibidos filmes da cooperativa Cinéma du Peuple, formada por anarquistas franceses na década de 1910; obras do diretor francês Jean Vigo; filmes de propaganda feitos pela CNT durante a Revolução Espanhola e produção italiana, de 1975, sobre a Colônia anarquista no Brasil, A Cecília. A mostra foi realizada no espaço do Centro Cineclubista de São Paulo.

Olhares sobre o movimento anarquista no Brasil” (2011)
Cartaz da mostra

A mostra trouxe ao longo de cinco sessões algumas experiências anarquistas no Brasil, nas suas mais variadas manifestações. Esta ocorreu ao longo do segundo semestre de 2011 e teve em sua programação os documentários Libertários e Deu n’A Plebe, que abordam a relação entre o anarquismo e o sindicalismo do início do século XX; Pão Negro, a respeito da Colônia Cecília; O sonho não acabou e Escolas Modernas, relativos ao aspecto cultural e pedagógico do anarquismo; A Tragédia da Rua da Praia e Dov’e Meneghetti?, que tratam das ações expropriadoras de anarquistas; e na última sessão o documentário O Inimigo do Rei, acerca do jornal homônimo que circulou no final do período da ditadura militar. Assim como a primeira mostra ocorreu no espaço do Centro Cineclubista de São Paulo.

Anarquistas” (2012)
Cartaz da mostra

O Cineclube Terra Livre retomou suas atividades em 2012 em um novo espaço. Com a mostra intitulada “Anarquistas”, que apresentou filmes biográficos sobre anarquistas históricos, a Biblioteca Terra Livre e o CCS – Centro de Cultura Social, promoveram a exibição de quatro películas entre os meses de março e junho. A sessão inaugural da mostra contou com o filme Louise Michel, a rebelde, por ocasião da celebração do dia internacional das mulheres (08/03) e do início da Comuna de Paris (18/03), 141 anos atrás. A segunda sessão trouxe o filme A Última Estação, que retrata os últimos dias do anarquista cristão Tolstoi. A terceira sessão trouxe a história do jovem anarquista catalão Salvador (Puig Antich), executado pelo regime franquista. E a sessão de encerramento da mostra apresentou o documentário Ethel MacDonald – História de uma Anarquista que retrata a história da anarquista escocesa que combateu durante a Revolução Espanhola (1936/39).

Práticas libertárias de educação contemporânea” (2012)
Cartaz da mostra

Na quarta mostra do Cineclube Terra Livre, a Biblioteca Terra Livre e o Centro de Cultura Social (CCS-SP) apresentaram a mostra “Práticas libertárias de educação contemporânea”, trazendo filmes que retratam diversas experiências de educação libertária atualmente. As exibições ocorreram entre os meses de agosto e novembro, sempre no último sábado de cada mês. A mostra teve inicio com o filme Paideia, escuela libre. 15 años de educación antiautoritaria, que retrata os 15 primeiros anos de atividade da escola libertária de Mérida, Espanha. No mês de setembro o filme exibido foi A Rebelião dos Pinguins, retratando as lutas pela educação que vem ocorrendo no Chile. Em outubro foi a vez da exibição de um documentário sobre a Escola da Ponte, de Portugal e como encerramento da mostra, trouxemos, no mês de novembro, o filme A Educação Proibida, que apresenta um questionamento da estrutura escolar tradicional e retrata algumas experiências de educação contemporâneas na America Latina e na Europa.

One thought on “Mostras anteriores”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *