Educação e Sindicalismo na Greve Geral de 1917

DEBATE: Educação e Sindicalismo na Greve Geral de 1917
Debatedores: Rodrigo Rosa e Vitor Ahagon

Os processos de auto-organização e formação política das trabalhadoras e trabalhadores durante as primeiras décadas do século XX em São Paulo se debruçaram em especial sobre a importância da educação, em seus mais diferentes espaços. A fundação de bibliotecas, centros de cultura e escolas libertárias em consonância com as definições estabelecidas nos congressos operários em conjunto com as práticas de educação do movimento anarquista, tiveram ressonância em São Paulo, quando em 1912, foi fundada a Escola Moderna nº1 de São Paulo. Nos anos seguintes uma série de projetos educativos foram desenvolvidos, mesmo durante a Greve Geral de 1917. A participação de militantes como Adelino de Pinho, João Penteado, Maria Antonia Soares, Maria Angelina Soares e Florentino de Carvalho, são fundamentais para compreender o processo educativo desenvolvido entre e para o povo.

Essa é mais uma atividade promovida pelo Grupo de Estudos Greve Geral de 1917, ocorrido na Biblioteca Terra Livre e que integra um ciclo de atividades de difusão e pesquisa sobre o tema do Centenário da Greve Geral de 1917.

Sobre os debatedores:

Rodrigo Rosa: Doutor em Educação pela Universidade São Paulo (2013), apresentando a tese Anarquismo, ciência e educação: Francisco Ferrer y Guardia e a rede de militantes e cientistas em torno do ensino racionalista (1890-1920). Professor da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FE/USP). Atualmente é pesquisador no Grupo de Pesquisa Poder Político, Educação, Lutas Sociais (GPEL/USP). Acesso à produção bibliográfica: https://usp-br.academia.edu/RodrigoRosa

Vitor Ahagon: Mestre em História Social pela Universidade de São Paulo (2015), apresentando a dissertação A trajetória militante de Adelino de Pinho: passos anarquistas na educação e no sindicalismo. Atualmente é pesquisador no Grupo de Pesquisa Poder Político, Educação, Lutas Sociais (GPEL/USP).

Quinta-feira, 03 de agosto, a partir das 19h30 no Auditório da Faculdade de Educação-USP.

Endereço: Av. da Universidade, 308 – Butantã, São Paulo/SP.

Clique aqui para saber como chegar.

Confirme sua presença em: https://www.facebook.com/events/1929789477309816/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *