Anarquismo e Educação – 2011

2011

2011 foi ano de muitas atividades. Além de terminar a leitura dos principais capítulos do livro do Codello o Grupo de Estudos Anarquismo e Educação realizou um de seus encontros em pleno Vale do Anhangabaú, participando diretamente do movimento Ocupa Sampa, realizou um debate durante o Novembro Negro, ciclo de atividades sobre educação anarquista na Faculdade de Educação da USP e esteve presente ao debate “Grupos de Estudos como Práticas de Educação Anarquista” na 2ª Feira Anarquista de São Paulo . Além disso, é claro, o grupo dedicou-se quinzenalmente à leitura e debate sobre diversos livros e documentos relacionados ao tema. Dentre as leituras passadas estão o livro A Boa Educação de Francesco Codello e a obra Escola Moderna do pedagogo catalão Francisco Ferrer i Guardia.

Foram debatidos estudos acadêmicos sobre as experiências educacionais no Brasil de José Damiro de Moraes (artigo sobre as realizações educacionais anarquistas no Brasil), Luciana Eliza dos Santos (vida e obra de João Penteado), Robledo Mendes da Silva (sobre a influência do geógrafo anarquista Élisée Reclus nas escolas operárias no Brasil) e Juliana Matosinho de Oliveira (sobre as escolas anarquistas no Rio Grande do Sul). Nos debruçamos também sobre documentos e fontes histórica como publicações da década de 1910, em especial os Boletins da Escola Moderna de São Paulo e o jornal O Início, editado pelos seus alunos buscando compreender a realização na prática das idéias de Ferrer e identificar elementos do cotidiano escolar.

LEITURAS:

08/02 – Élisée Reclus: Educação e Natureza – pgs. 187-230 (Codello)

22/02 – Entre a Educação e Revolução , pgs. 231-289 (Codello)

10/03 – Max Stirner: a educação como liberação geral, pgs. 77-90 e Individualismo e Educação, pgs.291-314 (Codello)

22/03 – Entre educacionismo, escolas libertárias e revolução: Luigi Fabbri, pgs. 315-348 (Codello)

05/05 – A Encyclopédie Anarchiste (1926-1934), pgs. 349-408 (Codello)

ESCOLA MODERNA

A partir desse momento o Grupo passou a dedicar-se em aprofundar os conhecimentos sobre a Escola Moderna de Barcelona e experiências similares no Brasil.

19/04 – Filme-documentário: Francisco Ferrer, Uma vida para a Liberdade

03/05 – Francisco Ferrer y Guardia. Escola Moderna

31/05 – Francisco Ferrer y Guardia. Escola Moderna (continuação)

14/06 – Filme-documentário: ESCOLAS MODERNAS: educação anarquista na São Paulo no início do século XX (São Paulo, 1995, S-VHS, p&b e color, 20 min). Produção: Coletivo Cinestesia

– Leituras de apoio: LUIZETTO, Flávio V. O movimento anarquista em São Paulo: a experiência da escola moderna n. 1 (1912-1919). In: Educação e sociedade. Revista quadrimestral. São Paulo: Cortez editora e CEDES, ano 8, n. 24, 1986, p. 18-47.

– Caleidoscópio da memória: a educação anarquista redescoberta no arquivo João Penteado, Doris Accioly e Silva e Luciana Eliza dos Santos

http://www.revistasusp.sibi.usp.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-45192009000100007&lng=en&nrm=iso

28/06 – José Damiro Moraes. Educação anarquista no Brasil da Primeira República

http://proferlao.pbworks.com/f/Jose_Damiro_de_Moraes_artigo+EDUCA%C3%87%C3%83O+ANARQUISTA+NO+BRASIL+DA+PRIMEIRA+REP%C3%9ABLICA.pdf

09/08 – Leitura: Boletim da Escola Moderna nº1 de São Paulo.

Boletim da Escola Moderna

23/08 – Leitura: Jornal O Início da Escola Moderna de São Paulo

O Início

06/09 – Luciana Eliza dos Santos. A trajetória Anarquista de eudcador João penteado:leitura sobre educação, cultura e socieddade. Dissertação de Mestrado em Educação, FEUSP, 2009 (pgs. 129-169)

20/09 – Rogério H. Z. Nascimento. FLorentino de Carvalho: pensamento social de um anarquista, Achiamé, 2000

http://www.4shared.com/document/TMYOVwBG/florentino_de_carvalho.html

04/10 – Juliana Matosinho de Oliveira. Embates pela Educação: As iniciativas libertárias de ensino e o estado na primeira república em São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, Monografia/História, UFRGS

18/10 – Robledo Mendes da Silva. A influência da Élisée Reclus na educação operária no Brasil, Dissertação de Mestrado, Unirio, 2010 (Cap. 3)

Obs: Encontro realizado na OCUPA/ACAMPA SAMPA – 15O – Vale do Anhangabaú.

01/11 – Último Encontro: Avaliação e Encaminhamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *